Tag: caldo de cana engorda?

Caldo de Cana Engorda?

Quem resiste ao caldo de cana junto com aquele pastel delicioso? Quando buscamos uma alimentação saudável, devemos fazer escolhas mais adequadas aos nossos objetivos. Mas é exatamente quando abrimos mão de algumas delícias e nos sentimos frustrados. O caldo de cana remete imediatamente ao salgado ou pastel, mas será que compromete o equilíbrio do organismo? Será que o caldo de cana deve ser excluído de uma dieta equilibrada? Será que o caldo de cana engorda?

É importante desvincular os alimentos e analisá-los de forma isolada, para que seus nutrientes sejam reconhecidos e utilizados de forma funcional para seus objetivos. Iremos nos deliciar diante da descrição dos benefícios que essa bebida pode nos proporcionar e descobrir se o caldo de cana engorda ou não.

Rico em vitaminas

O que muitas pessoas teriam dificuldade de acreditar, é que o caldo de cana possui inúmeras vitaminas e nutrientes. Ele oferece alta quantidade de vitamina A, C, vitaminas de complexo B (B1, B2, B3, B5, B6), e ainda diversos sais minerais, como Zinco, Ferro, Cálcio, Manganês, Fósforo, Potássio, dentre outros. Um copo de 300ml de caldo de cana contém 233 calorias. Não se assuste com as calorias, em uma dieta equilibrada, as exceções não prejudicam os resultados traçados, especialmente se consumido em um dia onde você esteja mais fisicamente ativo.

O Caldo de cana e seu baixo índice glicêmico

O caldo de cana possui propriedades similares com o açúcar refinado, mas seus teores de açucares são diferentes. O índice glicêmico é 43, o que nos mostra que não é correto afirmar que caldo de cana engorda sempre. Ele pode ser uma fonte de energia bem interessante, sem grandes picos de insulina no organismo. Evidentemente que o seu consumo excessivo pode sim comprometer a redução de peso. Como com toda a alimentação, é importante dosar a ingestão de carboidrato e açúcar, mas nada de dietas radicais, o caldo de cana possui funcionalidades importantes para a sua saúde.

Seu efeito antioxidante

O caldo de cana proporciona maior segurança para seu organismo diante de radicais livres. Esses radicais aceleram o envelhecimento celular. O caldo de cana atua como um protetor celular, o que retarda o efeito desses radicais, assim garantindo a longevidade celular. O poder antioxidante auxilia no tratamento de cataratas, problemas no sistema nervoso e Doença de Alzheimer.

Fonte de energia para exercícios físicos

O carboidrato contido no caldo de cana pode servir como fonte energética para um melhor rendimento em suas atividades físicas. A redução de peso não se limita apenas a uma alimentação equilibrada, uma rotina de exercícios oferece a garantia de resultados. As 18,2g de carboidrato contidas em cada 100ml de caldo de cana podem assustar ou intimidar a escolha para um cardápio, mas deve-se pensar sobre a sua rotina.

Se você é uma pessoa que possui uma rotina ativa, o carboidrato oferecido pelo caldo de cana pode lhe proporcionar maior resistência física nos exercícios, pode repor a reserva de glicogênio de seus músculos. A ingestão deve ser dosada, como com qualquer alimento, mas a recuperação muscular é garantida. Evidentemente que quando consumido sem controle, o caldo de cana engorda. Como com qualquer alimento, é importante dosar as ingestões manter o controle para que o corpo se mantenha equilibrado e saudável. Para se deliciar com a bebida, o fundamental é saber quando parar.

Higiene é fundamental

O liquido é extraído da cana de açúcar e pode ser facilmente encontrado. Quem resiste? Sabemos que o sabor é tentador, mas é importante atentar para a higienização do local de preparo. Normalmente a venda do caldo de cana é feita em ambientes externos, o que pode ocasionar contaminações que poderiam ser evitadas. É importante atentar para as calorias do caldo de cana, mas a higiene é indispensável na alimentação, reduzindo a probabilidade de contrair uma doença.

PUBLICIDADE

Melhor horário para tomar o caldo de cana

As escolhas de refeições para inserir o caldo de cana são importantes para não prejudicar os resultados almejados. O consumo do caldo de cana deve ser dosado e equilibrado com uma porção adequada de proteínas. O caldo de cana pode ser utilizado como fonte energética, se consumido no início do dia, nas primeiras refeições diárias e como bebida pré-treino, garantindo disposição para um treino perfeito.

Combinações com caldo de cana para emagrecer

Não é porque o consumo do caldo de cana não é recomendado com frequência, que você não pode criar combinações deliciosas. Sabemos que muitas pessoas chupam a própria cana e outras que preferem tomar o caldo de forma natural, mas você pode unir a funcionalidade do caldo de cana com os nutrientes de outros alimentos.

O caldo de cana combina muito bem com frutas cítricas, o que proporciona um sabor singular e delicioso para sua refeição se tornar especial. Se quer fazer um suco com caldo de cana que não engorda, experimente misturar 100ml de caldo de cana com 150ml de água e um limão espremido. O cítrico anula um pouco do doce da cana e você tem uma suco diferente com cerca de 70 calorias.

Considerações finais

O caldo de cana é de fato extremamente calórico, com uma densidade de carboidratos muito elevada. O caldo de cana não combina muito com dietas para emagrecer, no entanto, pode fazer parte de sua alimentação se você moderar na quantidade e escolher bem o horário que o toma. Se não houver moderação, e se o consumo for frequente, o caldo de cana engorda sim. O que contribui para o caldo de cana engordar mais ainda é o fato de que normalmente o tomamos com um pastel ou outro salgado.